Make your own free website on Tripod.com
COLEGIO MUNICIPAL 3 DE AGOSTO VITORIA-PE
Nosso objetivo | Calendário de eventos | Projetos | Sacanagem | Patrocinador | Links | Fotos dos Alunos | Imagem Sagrada | MAIL

Home









Imagem Sagrada

41.gif

maria.jpeg.jpg

MISTÉRIO DO TERÇO

Rezai o terço todos os dias é a promessa de nossa Senhora

1-Mistério Gozoso 2-Mistério Luminoso 3-Mistério Doloroso 4-Mistério Glorioso

Mistérios do Rosário Mistérios Gozosos sobre a infância de Jesus (segunda-feira e sábado) 1o Mistério: Deus manda o anjo Gabriel a Maria para lhe anunciar que será a Mãe de Jesus, o Salvador (Lucas 1,26-38). 2o Mistério: Maria vai visitar sua prima Isabel e fica ajudando-a a preparar o nascimento de João Batista (Lucas 1,39-56). 3o Mistério: Jesus nasce em Belém, na pobreza, porque não havia lugar para eles (Lucas 2,1-15). 4o Mistério: Maria e José apresentam Jesus no Templo e Simeão louva a Deus (Lucas 2,22-35). 5o Mistério: Maria e José encontram Jesus no Templo, falando com os doutores (Lucas 2,41-52). Mistérios dolorosos sobre a Paixão de Jesus (terça e sexta-feira) 1o Mistério: A agonia de Jesus no Jardim das Oliveiras, onde Ele foi preso (Mateus 26,36-56). 2o Mistério: Jesus é torturado por ordens de Pilatos (Marcos 15,16-20). 3o Mistério: Jesus é condenado a ser crucificado (Marcos 15,6-15). 4o Mistério: Jesus carrega a cruz até o Calvário (Lucas 23,26-31). 5o Mistério: Jesus é crucificado e morre na Cruz (Lucas 23,33-46). Mistérios Gloriosos sobre a Ressurreição de Jesus e de sua Mãe Maria (quarta-feira e domingo) 1o Mistério: A Ressurreição de Jesus (Lucas 24,1-12) 2o Mistério: A ascensão de Jesus (Atos dos apóstolos 1,3-11). 3o Mistério: A vinda do Espírito Santo que transforma os apóstolos (Atos dos Apóstolos 2,1-14). 4o Mistério: Maria é levada ao céu, ela é a nossa esperança (João 2,1-11; Apocalipse 12,1-18). 5o Mistério: Nossa Senhora é coroada porque ela é rainha do povo de Deus (Lucas 1,46-55; Apocalipse 12,1-18). Os mistérios da luz se referem: (quinta-feira) 1o Batismo de Jesus no Jordão: Enquanto Cristo desce à água do rio, como inocente que Se faz pecado por nós (cf. 2 Cor 5, 21), o céu abre-se e a voz do Pai proclama-O Filho dileto (cf. Mt 3, 17 par), ao mesmo tempo que o Espírito vem sobre Ele para investi-Lo na missão que O espera. 2o Auto-revelação nas bodas de Caná: Cristo, transformando a água em vinho, abre à fé o coração dos discípulos graças à intervenção de Maria, a primeira entre os crentes. 3o Anúncio do Reino de Deus com o convite à conversão: Jesus faz sua pregação com a qual anuncia o advento do Reino de Deus e convida à conversão (cf. Mc 1, 15), perdoando os pecados de quem a Ele se dirige com humilde confiança (cf.Mc 2, 3-13; Lc 7, 47-48), início do ministério de misericórdia que Ele prosseguirá exercendo até ao fim do mundo, especialmente através do sacramento da Reconciliação confiado à sua Igreja (cf. Jo 20, 22-23). 4o Transfiguração: A Transfiguração, segundo a tradição, se deu no Monte Tabor. A glória da Divindade reluz no rosto de Cristo, enquanto o Pai O acredita aos Apóstolos extasiados para que O "escutem" (cf. Lc 9, 35 par) e se disponham a viver com Ele o momento doloroso da Paixão, a fim de chegarem com Ele à glória da Ressurreição e a uma vida transfigurada pelo Espírito Santo. 5o Instituição da Eucaristia: Cristo Se faz alimento com o seu Corpo e o seu Sangue sob os sinais do pão e do vinho, testemunhando "até ao extremo" o seu amor pela humanidade (Jo 13, 1), por cuja salvação Se oferecerá em sacrifício.

Segundo uma antiga tradição, diversos Cardeais vão presidir nos próximos dias a Novena dedicada à Imaculada Conceição, na Basílica dos Santos Apóstolos, em Roma. A devoção à Imaculada Conceição é muito antiga na cidade de Roma. No ano de 1453 o seu culto já está vivo na Basílica dos Santos Apóstolos, e em 1477 o Papa Sixto IV permitiu a celebração com muita solenidade da festa no dia 8 de dezembro. Por isso celebra-se ali uma Novena Presidida por diversos Cardeais, e até o ano de 1969, também pelo Papa, que presidia a conclusão no dia 7 de dezembro. Neste ano, até o dia 8 de dezembro, cada tarde às 18:30h, celebrar-se-á a Missa presidida por um Cardeal da Cúria. O dogma da Imaculada Conceição estabelece que Maria foi concebida sem pecado original. Foi proclamada pelo Papa Pio IX dia 8 de dezembro de 1854, na Bula Ineffabilis Deus: "Declaramos, pronunciamos e definimos que a doutrina que sustenta que a Santíssima Virgem, no primeiro instante de sua concepção, foi por singular graça e privilégio de Deus onipotente em previsão dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, preservada imune de toda mancha de culpa original, foi revelada por Deus, portanto deve ser firme e constantemente acreditada por todos os fiéis".

Clique Aqui e veja mais.

www.fatima.com.br

www.misacor.com.br